Aromaterapia para Digerir e Processar

0

Texto de  Beatriz Yoshimura

Quantas vezes você já não sentiu que algo não caiu bem, o estômago está revirado ou sente náuseas, mesmo não tendo comido nada diferente de sua dieta normal e quando vai pensar direito, está na verdade com alguns sapos na garganta, quando não um brejo inteiro ou está furioso porque alguém falou algo e não conseguiu responder à altura?

É muito comum engolirmos em seco quando queremos evitar uma situação desagradável. Por medo do confronto com alguém que geralmente impõe seu ponto de vista ou sua vontade, medo de perder o emprego numa discussão com o chefe ou cliente ou fornecedor, por respeito a uma autoridade ou pessoa mais idosa, para evitar desgaste maior no relacionamento com o cônjuge ou por qualquer motivo que tenha nos feito calar a boca ao invés de dar aquela resposta que ficou entalada…

A sensação é péssima e mina a nossa resistência, nos sentimos covardes e a autopunição é o que nos resta. Será? Não mesmo! Com óleos essenciais, podemos reverter este padrão de comportamento. Sim, acaba se tornando um padrão. Aromas que ajudem a digerir em primeiro lugar.

Porque não é simplesmente sair retrucando a torto e a direito. É preciso um passo-a-passo. Digerir a situação, processar a informação, criar coragem para se colocar de forma tranquila e conquistar respeito e lugar ao sol.

Hortelã-pimenta é bom digestivo e estimulante do fígado. Ajuda a clarear a mente e enxergar o que é preciso, da mesma forma que o faz o mangericão. Respirar e oxigenar o cérebro. Encher o pulmão e ir a luta! Ylang-ylang se a raiva estiver cegando e apertando o coração. Coração duro batendo forte só atrapalha nas decisões. Cheire Ylang-ylang. Canela, cravo, cardamomo e gengibre também são ótimos digestivos e encorajadores. Aquecem e estimulam uma maior consciência mental.

Fortalecer nossa autoconfiança! Pois não adianta coragem sem confiança! Um óleo essencial fantástico para isto é o cipreste, que além de dar segurança e sensação de enraizamento, purifica e aumenta nossa energia e remove bloqueios mentais, tonificando nossa força interior! Tente misturar com cedro e tangerina!

Na maioria das vezes, recuamos de uma ofensa ou de uma crítica ou mesmo de uma mentira sob a alegação de que não vale a pena discutir, mas acaba se tornando um hábito, dando a falsa “vitória” para a outra pessoa, que acaba se impondo, perdendo-se a oportunidade das duas pessoas chegarem a uma mesma conclusão. É preciso quebrar este padrão, mas sem perder a ternura! Dar o primeiro passo. Ver que ser verdadeiro com seus próprios sentimentos e não escondê-los embaixo do tapete será bom para todos. Liberar os sapos gentilmente, acalmar o estômago e desbloquear o fígado. Sapos, nervoso e raiva matam!

E nada melhor que o fabuloso óleo de rosa marroquina para fortalecer nossa auto-estima e o amor próprio e de bergamota para nos dar bom humor, porque melhor do que ganhar a guerra é compartilhar a vitória de bem com a vida. Conversa é sempre a melhor forma de entendimento. E inalar os óleos essenciais sempre nos ajuda a acalmar, pensar e tomar a melhor decisão. Basta começar!

Receitinha da semana:

Sinergia para acalmar a raiva

30 gotas de óleo essencial de Ylang ylang
60 gotas de óleo essencial de Laranja

Misturar e pingar uma gota no aromatizador pessoal, três vezes ao dia ou antes mesmo de ir para uma situação de confronto.

Comments are closed.