Árvore de nim

0

Texto de Gabriela Pastro –  Viveiro Orgânico

Olá, pessoal! Hoje iremos falar sobre esta super parceira da agricultura orgânica: a árvore de nim (neem ou amargosa).

O nim (Azadirachta indica) é uma árvore de grande porte, podendo atingir altura de 15-20 m, de origem indiana e com propriedades fungicidas e bactericidas, por isto, o seu uso para combater diversos tipos de pragas e doenças. Na Índia, é chamada de árvore da vida, devido suas inúmeras propriedades medicinais, farmacológicas e cosméticas.

Como o nim é usado?

O plantio da árvore no nosso jardim não garante o controle de pragas e doenças (este efeito ainda está em estudo), os princípios ativos estão fortemente presentes nas sementes, e em menor concentração nas folhas, e somente depois de uma maceração e extração do óleo eles estarão disponíveis. O bagaço restante (após a extração do óleo) é o que chamamos de torta de nim (ou neem), qual é utilizado há séculos como adubo e insumo para controle de pragas e doenças. Após um determinado período da aplicação da torta no solo, os princípios ativos e os nutrientes presentes nela passam para a circulação sistêmica das plantas, deixando-as mais viçosas, fortes e protegendo-as contra o ataque de pragas sugadoras, raspadores e mastigadores.

Além da torta de nim, existe no mercado o óleo de nim (pronto ou concentrado para diluir), esta solução tem a função primordial de inseticida natural, e de não adubo. A aplicação pode ser realizada como prevenção ou quando a praga já estiver estabelecida na planta. A aplicação ocorre com um pulverizador e deve ser realizada debaixo para cima (direção caule-ápice foliar), visto que, os parasitas se instalam, em sua maioria, na parte debaixo das folhas. Se aplicarmos o inseticida (de qualquer tipo) de cima para baixo, acabamos deixando a parte mais suscetível aos ataques livre do produto.

Óleo de nim ©Sabor de Fazenda

Óleo de nim ©Sabor de Fazenda

Um aviso importante: a aplicação não deve ocorrer em momentos de sol muito forte, ou seja, priorize o entardecer, pois a intensa radiação solar sob as folhas com o nim pode queimá-las. Caso chova muito após a aplicação, devemos reaplicar o produto (nestes períodos de chuvas intensas a aplicação deve ocorrer em períodos menos espaçados). Para prevenção devemos reaplicar a cada 30 dias e em caso de infecção devemos reaplicar a cada 7 dias ou até eliminarmos o problema.

Quais pragas o nim combate? Ácaros, cochonilhas, pulgões, lagartas, mosquitos, larvas minadoras, entre outros.

O legal: a torta, o óleo e o preparado de nim são 100% naturais, biodegradáveis e não biocumuláveis, ou seja, não são agrotóxicos e são associados ao controle ecológico previsto pela agricultura orgânica. O produto é eliminado do meio ambiente em poucos dias e não apresenta risco à saúde no momento de consumo dos alimentos.

O ponto mais importante: a presença de infecções em nossas plantas é um sinal de que algo vai errado em nossa horta, ou seja, existe algum desequilíbrio que precisa ser detectado e cuidado. Podemos estar regando de mais ou de menos, adubando de mais ou de menos, ou deixando nossas plantas em local inapropriado (com muito ou pouco sol). As pragas e doenças se instalam quando a planta está debilitada, com desequilíbrio nutricional. Plantas saudáveis não são atingidas por pragas e doenças! Por isto, é indicado entrar em contato com um profissional da área para apontar onde está o erro. Se a causa do problema não for solucionada, a horta voltará a ser atacada.

 

Deixe uma resposta