Óleo Essencial de Olíbano

2

Do facebook da Eliane Yada

olibanoPlanta/parte – Árvore/exsudato
Nome latino: Boswellia carteri/thurifera
Família: Bursecáceas
Nota: Média para básica
Planeta: Sol
Extração: Destilação

AROMA: amadeirado, provocante e picante, com um toque de limão.

CARACTERÍSTICAS: A árvore é nativa do Oriente Médio, especialmente na China, da Etiópia, do Irã e do Líbano. São feitas incisões na casca da árvore, de onde escoam gotas de resina amarela, da qual é destilado o óleo.

HISTÓRIA e MITO: O termo olíbano provavelmente significa óleo do Líbano. O vocábulo francês correspondente é frankincense, que significa incenso real. O olíbano era queimado nos altares do Egito como oferenda aos Deuses e era usado como um recurso facilitador da meditação – uma tradição que ainda é mantida em algumas religiões. Também era usado para fumigar o enfermo com o objetivo de expulsar os maus espíritos.
Os egípcios normalmente o incorporavam à canela para aliviar as dores nos membros. Na verdade, os hebreus e egípcios gastavam uma fortuna com a importação do olíbano dos fenícios. Naquele tempo, o valor desse óleo era tão elevado – praticamente comparado ao ouro – que ele foi oferecido ao menino Jesus. Os egípcios empregavam-no na fabricação de máscaras cosméticas de rejuvenescimento, e os chineses consideravam-no útil no tratamento de escrófula – tuberculose das glândulas linfáticas – e também da lepra. Hoje, o olíbano é usado como fixador em perfumes.

COMPONENTES QUÍMICOS: Cadineno (sesquiterpeno), canfeno, dipenteno, pineno, felandreno (terpenos) e olíbano (álcool).

PROPRIEDADES: Antisséptico, adstringente, carminativo, cicatrizante, citofilático, digestivo, diurético, tônico-geral, tônico para o útero e vulnerário.

PRECAUÇÃO: Desconhecidas.

MENTE: Desacelera a respiração, produzindo sensação de calma. Tende a proporcionar um efeito animador e relaxante na mente. Sua ação confortante e, de certa forma, refrescante é útil nos tratamentos de ansiedade e estados obsessivos relacionados ao passado.

CORPO: Tem efeito evidente sobre a mucosa, especialmente útil no processo de limpeza dos pulmões. Tem excelente efeito na respiração, ameniza a dificuldade de respiração e é útil para quem sofre de asma. É um ótimo remédio pra condição de acúmulo de catarro e regula as secreções em geral. Tem ação calmante nos resfriados e age aliviando a dor em casos de tosse, bronquite e laringite.

Parece que é benéfico para o aparelho geniturinário, amenizando os efeitos da cistite, da nefrite e das infecções genitais em geral.

Suas propriedades adstringentes podem aliviar hemorragias uterinas e condições de fluxo menstrual intenso em geral, age como um tônico para o útero. É considerado benéfico para o trabalho de parto em virtude de sua ação calmante e pode aliviar a depressão pós-natal. Também pode ser utilizado no tratamento de inflamações nos seios.

Também tem um efeito calmante sobre o estômago, facilitando a digestão e aliviando a dispepsia e a eructação!

EFEITO NA PELE: Proporciona vitalidade a peles cansadas e suaviza rugas! É um verdadeiro tônico para a pele. Suas propriedades adstringentes também podem ajudar a equilibrar condições de oleosidade. É considerado eficaz contra cortes, feridas, ulcerações, espinhas e inflamação.

MISTURAS: Manjericão, pimenta-do-reino, gálbano, gerânio, toranja, lavanda, laranja, melissa, patchouli, pinho e sândalo.

Óleos que curam – Wanda Sellar

Observação importante: Tratamento aromaterápico é personalizado então consulte sempre uma Aromaterapeuta para utilizar e escolher os óleos essenciais para seus cremes caseiros atuarem de acordo com suas necessidades. Ou, faça um curso para saber escolher e manusear corretamente os óleos essenciais e vegetais.

 

 

2 Comentários

Deixe uma resposta