Por que usar sabonetes naturais?

2

sabonete_natural_fefa

Texto Fefa Pimenta

Olá queridos leitores malaguetas!

Vou iniciar hoje uma sequência de posts sobre o uso dos sabonetes e shampoos naturais. Vamos conversar sobre aromas e outros assuntos, temas que se interligam com os sabonetes/shampoos naturais. Para quem quer saber mais sobre o assunto, vale acompanhar no decorrer da próxima semana, prometo que vai valer a pena!
De imediato, vamos a pergunta inicial: Por que usar sabonetes naturais?
Peguei emprestado o texto que está na minha loja virtual, pois está bem completo para uma visão geral.
Aguardo todos nos próximos posts, vem muita coisa por aí e é claro, se você tem alguma dúvida, pergunta, essa é a hora, manda pra mim, quem sabe não será tema de um post dessa série perfumada?
Com vocês: Por que usar sabonetes naturais?

Os sabonetes naturais possuem diferenças relevantes quando comparados aos sabonetes industriais, esses que você encontra fartamente nas gôndolas das farmácias e supermercados.

A produção de um sabonete natural tem início com a minuciosa seleção de óleos vegetais e manteigas vegetais, que são rigorosamente equilibrados em uma fórmula única, personalizada para determinado fim terapêutico. Soma-se a esse processo, a água e o hidróxido de sódio (o puro, para análise) e há o que chamamos de “saponificação”, que nada mais é que o resultado da alquimia: o seu sabonete natural.

Mas, como assim, hidróxido de sódio é soda, tem soda no meu sabão natural? Parece assustador, mas tem sim. Só que é uma quantidade balanceada, que é suficiente apenas para realizar essa “mágica transformação” de óleos e água em sabonetes. Essa “soda” é neutralizada durante o processo de produção e cura desses sabonetes naturais, deixando lugar apenas para os benefícios.

E quais benefícios são esses?

Existem os benefícios terapêuticos, notados principalmente na pele e cabelos, pois os sabonetes naturais limpam sem retirar a hidratação natural da sua pele, ainda que ela seja sensível. É muito eficiente em problemas dermatológicos, pois além de não agredir, também ajuda a tratar, só para exemplificar, problemas como: dermatites, psoríase, queimaduras e alergias a sulfatos.

Muita gente esquece: a pele é o maior, ou seja, mais extenso órgão do corpo humano e por isso, é uma questão de saúde cuidarmos do que será absorvido através dela. É uma forma de cuidar da saúde, que aliada com uma alimentação saudável, garantem um bem estar totalmente pleno!

Os sabonetes naturais são ricos em glicerina, por isso protegem e nutrem a sua pele. Mas não confunda: não estamos falando daqueles glicerinados que encontramos atualmente à disposição no supermercado perto da sua casa.  Os sabonetes industriais, durante a fabricação sofrem a retirada de toda a sua glicerina,que é utilizada para  para outros fins, inclusive produção de outros tipos de sabonetes, por isso algumas pessoas têm uma sensação de pele “rachada” após o banho. Já reparou que após um tempo, os sabonetes industriais ressecam e racham na sua saboneteira? Pois é, isso não ocorre com os sabonetes naturais, que são naturalmente mais cremosos, já que toda essa glicerina é mantida e garante um resultado diferente, é incomparável!

E se torna mais interessante, ainda, quando são perfumados através da adição de Óleos Essenciais. Fica um aroma mais suave, com diversas nuances, que durante o uso do seu sabonete, podem sobressair ou dar lugar as outras notas mais baixas.

Os óleos essenciais são substâncias que existem nas células vegetais, são a essência das plantas em forma líquida e possuem diversas formas de extração. Para o momento, vale dizer que esses óleos, por conter quimicamente uma alta concentração do ativo das plantas, além de perfumar, auxiliam terapeuticamente a pele e cabelos (podemos destacar casos de êxito em tratamentos diversos de pele, queda de cabelos, acnes, dentre outros), mas também atuam suavemente através do olfato, ativando todo o sistema límbico do seu organismo.

Diversos estudos comprovam a influência dos Óleos Essenciais no emocional, haja vista a sua estrutura química, proporcionando, para exemplificar, diversos benefícios como bem-estar, elevação da autoestima, alívio de tensões nervosa. Essas sensações podem ser notadas com o uso contínuo de produtos naturais que contenham os óleos essenciais e também os extratos vegetais das plantas (é certo que casos mais acentuados que envolvam problemas emocionais deve ter o acompanhamento individual de um aromaterapeuta).

Vale lembrar que os óleos essenciais possuem moléculas extremamente voláteis. Isso significa que ele evapora com facilidade (principalmente porque não há uso de quaisquer fixadores sintéticos). Portanto, use o seu sabonete natural enquanto eles estão latente, não guarde, não demore para usar, aproveite todos os benefícios que esses óleos essenciais, aliados com os óleos vegetais e manteigas vegetais podem proporcionar durante o banho!

 

E não é só isso. Nossa! Tem mais? Sim! Os sabonetes naturais não poluem o meio ambiente. Eles são “vivos”, estão completamente integrados com o que chamamos de cosmética/beleza verde. Sua espuma é amiga da natureza porque é naturalmente biodegradável. Não causa qualquer efeito danoso a vida marinha e, é altamente recomendável para ser usado no seu pet ou em crianças e idosos (observe e consulte as linhas específicas com os óleos essenciais indicados).
É bom pra você e para quem você ama e é bom para a natureza também!
Depois de tantos benefícios elencados, fica mais fácil responder a nossa pergunta, não é? Usar sabonetes naturais porque é uma escolha pelo diferente, pela liberdade de usar algo simples, feito por pessoas que pensam em outras pessoas.
Experimente: liberte-se de marcas que impõem padrões muitas vezes inalcançáveis e ouse um tratamento mais verdadeiro, que não muda quem você é, mas ressalta suas qualidades. Integre-se novamente com você mesmo e com a natureza e reencontre sensações perdidas!
Beijos Malaguetas!

2 Comentários

  1. Tenho interesse em colocar seus sabonetes no meu Espaço Felicitá para vender como faço para adquirir….. aguardo resposta. Muito obrigada

Deixe uma resposta